Últimas Notícias
SERRA-ES
25 fevereiro 2021

Servidor é exonerado após jogar veículo do governo contra carro da ex na Serra

briga_casal_15_01_2016_6-4123780
Um motorista do Governo do Estado usou um carro oficial para tentar matar a ex-mulher no trânsito, nesta sexta-feira (15). Segundo a jovem, uma estudante de Engenharia, ela estava indo ao trabalho quando Carlos Alberto Mazoni Jr. tentou fechar o veículo onde ela estava. Após o ocorrido, o motorista foi exonerado do cargo no Governo. Ele ainda não localizado pela polícia.
Essa é a segunda vez que Carlos tenta agredir a ex-mulher. Em julho de 2015, o motorista teve um ataque de fúria, destruiu a casa da estudante e ainda jogou um carro dela contra o muro da residência, na Serra. Na ocasião, o irmão da vítima disse que o suspeito chegou ao local também em um carro oficial do governo.
No acidente desta sexta, o carro da estudante parou no canteiro central da Avenida Norte Sul. O veículo ficou danificado. A mulher explicou que foi fechada pelo ex-marido quando ia para o trabalho.
“Eu estava indo para Vila Velha, quando um veículo branco, dirigido pelo meu ex-marido ficou paralelo ao meu carro e pediu para eu abaixar o vidro. Como eu não fiz o que ele mandou, ele pegou, acelerou um pouco mais e encostou no meu carro com a intenção de me jogar com outro veículo no sentido contrário. Com certeza ele tentou me matar”, disse a mulher.
Segundo a vítima, mesmo ela tento uma medida protetiva, Carlos ignorou a determinação da Justiça e voltou a se aproximar. “Ele bateu, acelerou mais ainda e foi embora. Eu convivi com esse homem quase seis anos da minha vida. Tem uma medida protetiva, ele não pode chegar perto de mim. Ele me manda mesagens ainda. Tentei seguir a minha vida novamente e ele não para. Ele quer que eu perdoe ele e volte pra ele”, completou.
O caso foi registrado na Delegacia da Mulher da Serra. O advogado da estudante explicou que desde de julho do ano passado ela tem uma medida protetiva contra o ex-marido.
“Mês passado a gente conseguiu divorciar ela e ele tenta se comunicar com ela através de mensagens. Ele ainda tenta manter contato com alguns familiares para que interceda. Ele não se contenta com o fim do relacionamento, mesmo com uma medida protetiva contra ele”, explicou o advogado Maurílio Vasconcelos.
Como Ignorou a medida, a delegada vai pedir a prisão preventiva de Carlos Alberto Mazoni Jr. A delegada entendeu que Carlos tentou matar a ex mulher no acidente de trânsito. Por isso, o caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios e Proteção a Mulher.
Governo do Estado
O motorista foi exonerado nesta sexta-feira e a publicação do ato sairá no Diário Oficial (DIO-ES) na segunda-feira (18). Ele responde a processo administrativo disciplinar anterior por conduta inadequada, junto à Corregedoria do Estado.
Fonte: Gazeta Online

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO