Últimas Notícias
SERRA-ES
1 março 2021

Seis pessoas são presas na Bahia acusadas de participação na morte de nutricionista capixaba

Seis pessoas foram presas, acusadas de formação de quadrilha e participação no assassinato da nutricionista Camila dos Santos Lopes, 29 anos. O crime foi registrado em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, mas os suspeitos foram presos na cidade de Teixeira de Freitas, na Bahia.

Camila era filha única e estava desparecida desde a última quinta-feira (18), após sair da casa de uma prima.

A prisão ocorreu por meio de uma ação conjunta da Policia Civil (PC), da Militar (PM), do Serviço Militar de Inteligência (SME), do Pelotão Emprego Tático Operacional (PETO) e Polícia Federal (PF) dos dois estados.

De acordo informações da Polícia Civil, repassadas ao portal Sul Bahia News, participaram do crime Rafael de Jesus Lima, de 25 anos, José Junior Lopes Santos, 24, Anderson Vieira Lopes, 29, Sandra Mara Vieira Lopes, 49, Maury Ferreira de Carvalho Junior, 44, e Maurício de Oliveira Santos, 29 anos. Os suspeitos foram presos na noite do último sábado (20).

O grupo era investigado por crimes deroubo de veículos e falsificação de documentos no Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. Durante os trabalhos, os policiais confirmaram que duas pessoas da quadrilha estariam diretamente envolvidas na morte da jovem capixaba.

A Polícia informou que as investigações realizadas levaram até o suspeito identificado como Rafael. No interior de um veículo, que estava com Rafael, foram encontrados um par de brincos e óculos, o que levou os policiais a suspeitarem que se tratassem de objetos pertencentes a Camila.

Ao se dirigirem à casa de Rafael, os policiais encontraram um revólver calibre 38, contendo quatro munições sem utilização e uma deflagrada e um simulacro de pistola, anel pertencente a vítima e um outro carro, que havia sido roubado em Nanuque (MG).

Com a prisão, Rafael confessou que ele e José Júnior teriam matado Camila com um tiro. Ao prenderem José Júnior, a polícia também conseguiu chegar ao restante do grupo. Segundo o portal Sul Bahia News, Rafael teria afirmado que ele e o comparsa receberiam a quantia de R$ 4 mil pelo veículo. O carro da jovem também foi localizado pela polícia, já com a placa adulterada.

A quadrilha foi apresentada ao delegado plantonista na sede da 8º Coorpin, onde foram autuados por latrocínio (roubo seguido de morte). Em seguida, todos foram foram transferidos para o Espírito Santo e entregues ao delegado responsável pelo inquérito.

Tumulto na porta de delegacia em São Mateus

Os suspeitos começaram a ser ouvidos pela Polícia Civil de São Mateus na tarde deste domingo (21). A morte da jovem causou grande comoção, e levou

dezenas de pessoas à porta da Delegacia de São Mateus. No local, populares pediam por justiça. Após a oitiva, os acusados serão transferidos para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus.

Trabalhadores rurais encontraram o corpo de Camila na tarde do último sábado (20), em uma estrada vicinal que liga São Mateus a Conceição da Barra. O corpo foi encaminhado ao Serviço Médico Legal de Linhares, onde família fez o reconhecimento. O velório foi realizado na manhã deste domingo (21).

(Com informações dos sites Sul Bahia News e Liberdade News).

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO