Últimas Notícias
SERRA-ES
6 março 2021

Polícia vai intensificar abordagens em ônibus na Grande Vitória durante o Verão

350536198-assalto-transcol

A polícia vai intensificar as abordagens a coletivos na Grande Vitória durante o próximo verão. O anúncio aconteceu durante coletiva de imprensa, na tarde desta sexta-feira (11), na Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp). Segundo a secretaria, o reforço nas operações começa já a partir desta semana e tem como objetivo intensificar a prevenção de crimes cometidos dentro dos ônibus.

Ainda de acordo com a Sesp, a proposta é dar continuidade ao trabalho que já é realizado pela PM que, nos últimos três meses, abordou um total de 4.887 coletivos em blitze realizadas nas ruas da Grande Vitória.

“Nós vamos intensificar essas abordagens. Além do aumento do número de abordagens, vamos fazer pelo menos duas grandes operações por dia em cada município da região metropolitana e usando os dados diariamente. Ou seja, se houver aumento de assaltos em uma linha, de um dia para o outro, a polícia vai acompanhar esse processo e vai fazer operações nessa linha também”, explicou o secretário estadual de Segurança, André Garcia.

O secretário aproveitou para fazer um apelo à população, para que todas as ocorrências sejam registradas nas delegacias, no intuito de auxiliar no planejamento da segurança pública.

“Pedimos à população que nos ajude, registrando essas ocorrências, pois é fundamental para fazermos um mapeamento mais adequado. Mesmo aquele cidadão que tenha receio, que viaje com o suspeito todos os dias e que tenha medo de ir à delegacia, que o faça através do 181, do disque-denúncia”, pediu André Garcia.

Operação Verão

O aumento das abordagens em coletivos faz parte da Operação Verão 2015/2016, que tem como proposta intensificar o atendimento policial nas ruas e nas delegacias de todo o Estado durante o final de 2015 e início de 2016, quando a movimentação nas praias capixabas aumenta e as regiões litorâneas recebem grande quantidade de turistas.

De acordo com a Sesp, as atividades da Operação Verão tiveram início no dia 16 de novembro e seguem até 14 de fevereiro do ano que vem. Ao todo, o reforço do policiamento ocorrerá durante 91 dias, compreendendo datas como Natal, Ano Novo, desfiles das Escolas de Samba em Vitória e o Carnaval.

A secretaria informou ainda que, durante a operação, a Polícia Militar contará com mais 890 militares, que serão distribuídos pelos balneários. Os policiais serão responsáveis pelo reforço da segurança nesses locais, que já contam com o efetivo diário de cada Batalhão da PM. O policiamento será realizado com militares a pé, em bicicletas, motos, viaturas e cavalo, além das ações táticas.

“Esse trabalho também vai ser com a participação desse serviço efetivo nos locais onde teremos um aglomerado de pessoas, em função de suas férias, e que normalmente a população flutuante aumenta bastante nesses balneários”, destacou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marco Antonio Souza do Nascimento.

Ainda segundo a Sesp, a Operação Verão contará com policiamento realizado por escalas extras e militares também de prontidão nas áreas administrativas. A secretaria ressalta que os balneários receberão atenção especial, mas as áreas do entorno continuarão a receber patrulhamento e ações táticas, como operações e ações de abordagem.

Polícia Civil

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Civil também preparou um esquema especial para atender a população durante a temporada. São ações de segurança pública e de imediata garantia de atendimento à sociedade, dentro das atribuições de Polícia Judiciária, que compreenderão toda a faixa litorânea do Estado, que vai da divisa do Rio de Janeiro até o limite da Bahia.

Ao todo, sete superintendências da Polícia Civil estão envolvidas com o esquema e disponibilizaram todos os seus respectivos efetivos para o atendimento dessa demanda. Entre as ações estão o reforço nos Plantões das Delegacias Regionais, que atuarão 24 horas contando com os efetivos ordinários e com o reforço de policiais em regime de escala de serviço extra.

“Haverá a intensificação das ações da Delegacia de Repressão aos Crimes de Transporte de Passageiros e Cargas, fazendo as operações e se aproximando das [Delegacias] Regionais, para a identificação dos criminosos”, destacou a delegada-chefe da Polícia Civil, Gracimeri Gaviorno.

Na Superintendência de Polícia Regional Metropolitana (SPRM), o atendimento na 5ª Delegacia Regional de Guarapari será reforçado com mais uma equipe de policiais composta por um delegado, um escrivão e três policiais que vão garantir o atendimento na região.

Na Serra, será implantado um posto de atendimento ao cidadão na sede do 29º Distrito Policial de Jacaraípe, durante o Réveillon e Carnaval. Já durante os desfiles das escolas de samba de Vitória, o 2º Distrito Policial de Santo Antônio permanecerá de plantão nos dias do evento.

Na região Sul do Estado, sob a responsabilidade da Superintendência de Polícia Regional Sul (SPRS), a Delegacia de Piúma estará de plantão 24 horas durante o período de Carnaval. Já no Norte, a Delegacia de Conceição da Barra, que faz parte da Superintendência de Polícia Regional Norte (SPRN), também funcionará com reforço de policiais durante o feriado nacional.

Também na Operação Verão 2016, estão previstas ações policiais com vistas a coibir práticas delituosas contra o consumidor, prevenir os crimes de fraudes, roubos e furtos. Essas ações serão realizadas pelas unidades da Superintendência de Polícia Regional Especializada (SPE), tais como: Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP); Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa); Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV); Delegacia Especializada Tóxico e Entorpecente (Deten); Delegacia Especializada em Defesa do Consumidor (Decon); Delegacia de Costumes e Diversões (Decodi); Delegacia Especializada do Adolescente em Conflito com a Lei (Deacle); e Grupo de Operações Tácticas (GOT), integrante da Superintendência de Ações Estratégicas e Operacionais (Saeo).

 Já a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) vai disponibilizar reforços nos plantões das perícias. Na Grande Vitória, os atendimentos das perícias criminal e papiloscópica e os realizados pelo Departamento Médico Legal (DML) serão reforçados. Já no interior do Estado, haverá ampliação do atendimento nas perícias que são realizadas nas Delegacias Regionais de Venda Nova do Imigrante, São Mateus, Linhares, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim.

Ainda de acordo com a Sesp, a Superintendência da Tecnologia da Informação e da Comunicação (Sutic) e demais superintendências vão providenciar a instalação de mais pontos do sistema Delegacia Online (Deon) para utilização pela Polícia Militar com o fim de dar celeridade ao registro do Boletim Unificado (BU).

Corpo de Bombeiros

A Operação Verão 2016 do Corpo de Bombeiros (CBMES) contará com um efetivo total de 1.142 militares. Entre eles estão os guarda-vidas que receberam o treinamento do CBMES para atuarem no litoral capixaba, especialmente em pontos considerados mais perigosos, a fim de prevenir afogamentos.

“A atuação ocorrerá mediante convênio com as prefeituras. Elas têm os guarda-vidas contratados e depois fazem a fiscalização. Onde houver guarda-vidas contratado, os bombeiros estarão atuando”, afirmou o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Marcelo D’Isep Costa.

A atuação dos bombeiros ocorrerá de 27 de dezembro a 14 de fevereiro. Além do apoio ao salvamento marítimo, os militares estarão de prontidão para atendimentos a incêndios florestais, devido à previsão de um longo período de estiagem em todo o Espírito Santo.

O efetivo será composto por 14 supervisores de Salvamar, 230 militares para atendimento a incêndios florestais e 894 guarda-vidas. O Corpo de Bombeiros alerta a população sobre cuidados que devem ser reforçados para evitar incêndios e acidentes.

Considerando que a vegetação e o solo estão secos em decorrência do longo período de estiagem que se abateu sobre o Estado, a orientação é para que as pessoas redobrem os cuidados no sentido de não dispensarem materiais como garrafas, metais e pontas de cigarro ao longo de rodovias e em áreas de vegetação e margens de rodovias.

Os pais devem adotar alguns cuidados, como identificação das crianças ao irem à praia, a clubes e áreas com aglomeração de pessoas. A orientação é colocar uma pulseira com o nome da criança e um contato dos pais ou responsáveis. É importante não permitir que entrem na piscina ou no mar sozinhas. Dessa forma, diminuem os riscos de afogamento.

Outra orientação é evitar o consumo de bebida alcoólica. A combinação bebida e direção é perigosa e pode resultar em acidentes e mortes. Se for beber, peça a um amigo ou parente que não vai consumir bebida alcoólica para dirigir ou prefira andar de táxi ou de ônibus.

Fonte: Folha Vitória

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO