Últimas Notícias
SERRA-ES
28 fevereiro 2021

Durante brincadeira, soldador tenta assustar vigia de obra e acaba morto em Cariacica

738512840-morto-obra

Um soldador foi morto com um tiro acidental enquanto trabalhava em uma obra, em Cariacica. Carlos Adriano dos Santos Silvestre foi baleado no peito. Ele morava em Colatina, e estava há menos de 15 dias na Grande Vitória. O autor do disparo foi um colega de trabalho.

O caso aconteceu em uma construção que está em reforma. Segundo testemunhas, o suspeito de ter efetuado o disparo foi um homem que ficava responsável pela segurança.

De acordo com a polícia, na obra trabalham cinco pessoas que são de Colatina. Eles estão há menos de 15 dias no local e estariam assustados com a presença de usuários de drogas que circulam pela região, principalmente durante a noite.

Carlos Adriano passou o fim de semana em casa. Quando chegou à obra já passava de meia noite. Ele foi até o alojamento, viu os amigos deitados nos colchões e quis fazer uma brincadeira com o vigia que estava em uma cadeira. Ele bateu uma mangueira na parede. O vigilante, que estava armado, se assustou e atirou.

“Eu estava dormindo e assim que ouvi o primeiro disparo acordei. Quando levantei, o rapaz já estava desesperado por ter deixado a arma disparar”, contou o pedreiro Vantuil de Almeida Ribeiro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas Carlos Adriano já estava sem vida. O vigilante entrou em desespero quando percebeu que o amigo estava morto. “O cara que estava com a arma ficou desesperado. Foi quando eu fiz uma água doce e dei para ele”, contou.

Em seguida, o suspeito fugiu e, até o momento, não foi localizado. No local havia uma espingarda de pressão. Os trabalhadores disseram que a arma usada pelo vigilante pertencia a Carlos Adriano. “A arma que ele morreu era dele mesmo”, afirmou o pedreiro.

Fonte: Folha Vitória

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO