Últimas Notícias
SERRA-ES
7 março 2021

Autônomo é preso acusado de estuprar dois irmãos na Serra

ca__que_verli_01-4084813

Um homem foi preso, acusado de estuprar um casal de irmãos, uma menina de 11 anos e um menino de 7, na Serra. As vítimas moravam com os pais em um apartamento alugado pela família do suspeito. O autônomo Ronaldo Peters Felderg, de 41 anos, era o responsável por fazer reparos na residência e se aproveitou dessa condição para abusar várias vezes das crianças dentro da casa das vítimas.
Os estupros não aconteceram ao mesmo tempo. A mãe, uma dona de casa de 32 anos, ajudava o marido no trabalho, e não presenciou os abusos. O primeiro estupro aconteceu em julho deste ano e teve a menina como vítima. Ronaldo, que tinha uma chave reserva da casa, segundo a Polícia Civil, entrou para consertar a caixa d’água e, ao ver a menina sozinha, usou da força física para abusar dela
“A menina suportou aquilo para não prejudicar os pais, inquilinos da família de Ronaldo”, contou o delegado Lorenzo Pazolini, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).
Segundo a menina, ela foi vítima de abusos por pelo menos três vezes, todas elas no interior da residência. A garota, entretanto, só expôs o crime aos pais dois meses depois, após flagrar Ronaldo abusando do irmão. Assim como a irmã, o menino disse que sofreu mais de três abusos, dois deles em um terreno perto da casa e o outro dentro da casa. Porém, no caso do menino, não houve uso de força
Os pais das vítimas registraram um Boletim de Ocorrência na DPCA e se mudaram para outro bairro no mesmo dia que a filha relatou o crime.
Com um mandado de prisão temporária contra o suspeito, os policiais prenderam o acusado, na casa dos pais dele, na Serra. O suspeito tentou fugir, pulando um muro, mas foi pego pela Polícia.
Apesar de negar os crimes em depoimento, Ronaldo assumiu os estupros dentro da viatura, de acordo com o delegado. “Ronaldo sabia exatamente os horários em que as crianças ficavam sozinhas em casa. Na viatura, ele disse que ao entrar na casa para mexer na válvula da caixa d’água, viu a menina sozinha e foi para cima dela. No interrogatório, porém, ele não confessou. Mesmo assim, ele pediu desculpas para a família. Quando perguntado sobre qual era a razão do pedido, ele, confuso, ficou calado”, lembra Lorenzo.
Em entrevista aos jornalistas, o suspeito voltou a admitir o estupro do garoto, mas negou que tenha abusado da irmã. “É mentira, nem encostei nela. Meu pai me mandava subir para fechar o registro. Abusei uma vez (do menino)”, disse. Para responder se estava arrependido do abuso, ele fez um sinal de positivo com a cabeça.
Ronaldo foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.
Fonte: Gazeta Online

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO