Serra promove medidas de combate ao bullying nas escolas

O combate ao bullying nas escolas já é lei, mas, milhares de crianças e adolescentes ainda são vítimas. Para mudar essa realidade a Prefeitura da Serra, por meio do programa Educação em Valores Humanos, promove uma série de medidas para acabar com essa violência.

Atividades com temas de não violência, seja verbal, física ou psicológica, discriminação, amor ao próximo, respeito, honestidade e solidariedade, estão sendo inseridas diariamente na vida letiva dos estudantes, e têm mudado realidades.

A aluna da EMEF Paulo Freire, Thalyta Vieira de Jesus, de 9 anos, é exemplo disto. Vítima de palavras maldosas e constrangedoras por parte dos colegas ela afirma que já chorou muito escondida. “Eu me sentia triste. Tinha vergonha de contar para minha mãe”, disse.

Ao lado das amigas Yasmin e Ariadne, que acompanharam sua tristeza, Thalyta se diz satisfeita por hoje já ter aprendido a lidar com o bullying e por ele ter reduzido muito na escola. “Com o programa Valores Humanos muita gente na escola mudou”, revelou

Segundo a diretora da instituição, Valdira Pimentel, crianças que sofrem bullying mudam de comportamento. “Elas evitam participar de atividades extras, buscam se isolar e até começam a faltar aula”, exemplificou.

Na escola a diretora explica que diversas situações são esclarecidas por meio da atividade “contando o dia na sala de aula”, em que a criança tem a oportunidade de relatar como se sente, como foi o dia, o que a está fazendo feliz ou triste.”Com essa atividade, por exemplo, conseguimos descobrir algumas coisas que estão afligindo as crianças e ajudá-las”, afirmou Valdira.

SAIBA MAIS: O presidente Michel Temer sancionou lei de combate ao bullying nas escolas. O texto altera um trecho da Lei 9.394, de 1996. A atualização inclui a responsabilidade das escolas em promover medidas de combate ao bullying, além de pensar em ações de promoção da cultura de paz.

Crédito: Jéssica Romanha/Secom-PMS

PREVISÃO DO TEMPO

CUPOM DESCONTO